14 de mai de 2012

POEMA EM HOMENAGEM A OCUPAÇÃO ELIANA SILVA EM BH - MINAS GERAIS!

Rosa vermelha,
de pétala molhada,
seu aroma e cor
com um cheiro
devido,
fragrância de amor.

Hoje estás marcada,
és a flor do amor
ilustre na terra,
que lindo botão
floresce
nos olhos
e no coração,
fluido do amor
de eterna paixão.

Rosa na orelha
e no peito
da mulher sem jeito...
que linda ficou!

Pétala de veludo
em vela iluminada,
gota de água derramada,
no banho o bálsamo
de um louco amor.

Rosa seca e bela
sempre volta a terra,
lágrima eternizada
por quem tanto...
amou!